Marketing de Conteúdo

Marketing Digital: o que é conversão?

“Se o conteúdo é rei, a conversão é a rainha.” A frase emblemática de John Munsell traduz a importância de atrair bons resultados para o seu negócio a partir das conversões. Quer melhorar as suas vendas, atrair leads qualificados e propensos a adquirir seus produtos ou serviços? Esteja preparado para uma verdadeira “força-tarefa” que alinha estratégias certeiras de Marketing Digital com técnicas de inteligência de mercado para gerar a possibilidade de alavancar a sua performance. Você está pronto para vender mais?

Afinal, o que é conversão?

Taxa de conversão é um termo altamente recorrente no universo digital, principalmente quando falamos de e-commerce e negócios que se valem da grande rede mundial de computadores para escalar. Conversão, dentro deste contexto é aquilo que todos esperam alcançar: vendas. Contudo, além de medir este tipo de variável, a Taxa de Conversão é um bom parâmetro para entender o alcance de uma campanha e avaliar a eficácia das estratégias empregadas.

E podemos dizer que “convertemos” quando: uma pessoa cadastra o e-mail para baixar um e-book, um guia, um infográfico; quando um possível cliente solicita um orçamento ou entra para a sua base de leads para ter acesso às publicações das suas newsletters. O objetivo é atrair clientes em potencial e, a partir daí, criar meios para que esta pessoa avance nas etapas que compõe o Funil de Vendas, até que seja possível converter este lead em vendas, um processo que requer atenção, criatividade e visão estratégica para acontecer na prática.

Os diferentes tipos e níveis de conversão:

1) O modelo mais clássico e conhecido de conversão é aquele em que uma ação leva uma pessoa a comprar um produto ou serviço. Um exemplo claro disso é quando seu negócio possui alguma campanha de mídia paga para a venda de um produto, e o visitante acessa seu anúncio, escolhe o modelo do produto e finaliza uma compra. É considerada uma conversão.

2) Quando algum visitante executa uma ação através de uma chamada presente no seu site. Exemplo: baixar um guia, um infográfico, um e-book ou qualquer outro material idealizado e criado para atrair a atenção do usuário e convertê-lo em lead.

3) Quando o visitante visitante “paga” o produto com um compartilhamento em alguma de suas redes sociais (Facebook, Twitter, Linkedin, Pinterest, entre outras). Esse tipo de ação recebe o nome de “Conversão Social” – amplamente difundida e valorizada no cenário digital.

4) As campanhas de E-mail Marketing são importantes ferramentas para conversão. Essas ações têm como objetivo uma chamada para ação que gere uma conversão. Exemplo: a compra de um produto ou fazer download de um e-book exclusivo ou outras ofertas que podem ser oferecidas pelo seu site – tudo isso oferecido através de um e-mail disparado para a sua base de leads.

Como melhorar as conversões no seu negócio?

Quando pensamos em estratégias de Marketing, seja na modalidade tradicional ou no digital, devemos ter como meta CONVERTER. Se você tem um site, uma loja virtual, um blog, um canal social mas não converte o visitante em lead e esse lead em um potencial cliente – é chegada a hora de rever sua trajetória e posicionamento, pois provavelmente irá encontrar algum ruído ou equivoco impedindo ou travando o sucesso do seu negócio. Todo seu projeto deve ser transformado em resultados e são esses resultados que chamamos de conversão.

Confira as dicas para melhorar a sua conversão

• Uma das melhores maneiras para melhorar ou aumentar a conversão do seu site é criar uma Landing Page específica para cada produto – seja ele um produto físico ou digital. As Landing Pages aumentam a perfomance e a probabilidade de conversão. Se criada e utilizada da maneira correta, tenha certeza que os resultados irão te surpreender.

Quando uma Landing Page é eficiente, ela é capaz de extrair um maior resultado em relação ao tráfego do seu site, podendo ser utilizada para geração de leads ou vendas diretas. Se sua Landing Page tiver comentários positivos do produto, depoimentos de pessoas reais, compartilhamentos, ou provas sociais de peso; além de gerar confiança ao visitante também favorece o aumento da probabilidade de conversão.

• Outra dica é ter uma Headline concisa e objetiva, deixando bem claro ao visitante da página o que você está oferecendo, destacando benefícios e outros atributos, para que, de alguma maneira, você consiga despertar mais interesse pelo seu produto.

• Você também não pode deixar de utilizar imagem ou vídeo, pois eles têm um apelo emocional muito grande e, assim, acabam impactando na conversão. Lembre-se que tudo deve estar ligado à sua oferta.

Se quiser dobrar seu volume de negócios é muito mais fácil dobrar a taxa de conversão do que dobrar o tráfego.” Jeff Eisenberg

Rafael Rez

Autor do livro "Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI", com 3.000 cópias vendidas nos primeiros 90 dias. Possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2013. Fundador da consultoria de marketing digital Web Estratégica. Além de Empreendedor e Consultor, é Professor de Pós e MBA em diversas instituições de ponta. Em 2016 fundou a Nova Escola de Marketing.

Assista à série Marketing Hacks!

Comentar





Patrocinadores

GoMarketing.cloudNova Escola de MarketingMonetizze

Mantenedores

LaharSEMRushLeadLoversSambatechClint.digitalUnbounce


Receba nosso melhor conteúdo no seu e-mail! | Inscreva-se:

x

Conheça os segredos para elevar as conversões das suas vendas!

Não, eu não quero mais vendas