Marketing de Conteúdo

O que é Plano de Marketing?

A sede de resultados, o cenário econômico atual e a impulsividade levam muitos empreendedores a cometerem um erro primário na hora de conduzir suas ações. A ausência de um planejamento capaz de nortear o processo tem sido determinante para boas ideias naufragarem antes mesmo de gerar bons resultados. O Plano de Marketing é um excelente aliado para uma visão macro do negócio, além de minimizar possíveis impactos ao longo da sua trajetória no mercado.
Definir um ponto de partida, as ferramentas que serão utilizadas para atingir um determinado resultado, estipular prazos e saber o objetivo de cada etapa. Essas são algumas premissas clássicas para o sucesso de qualquer empreendimento. Este planejamento é o que compõe o Plano de Marketing – um panorama claro sobre estratégias e metas delimitadas dentro de um projeto.
Um bom plano de marketing deve fugir da superficialidade e dos imediatismos. Ele deve contemplar e captar os seus melhores insights e oportunidades de maneira estruturada, coerente e consistente. É importante ressaltar que, um Plano de Marketing assertivo impacta diretamente no aumento das vendas, no reforço e reputação da sua marca; os elementos que você precisa para se destacar, aumentar resultados e lucros e fidelizar a sua carteira de clientes.

O que não pode faltar no seu Plano de Marketing?

Basicamente, existe uma série de questões que precisam ser pensadas quando você planeja suas ações de Marketing. Engana-se quem pensa que um Plano de Marketing é uma fórmula única, aplicável para todas as empresas da maneira homogênea. É preciso respeitar as particularidades e especificidades de cada negócio. Esta visão personalizada evita equívocos de execução, além de conferir estratégias de acordo com as reais necessidades de cada empresa.

Algumas necessidades são comuns a todos os planos. É preciso estar atento a alguns detalhes que farão a diferença na hora de trilhar rumo ao sucesso. Veja quais são as características inerentes a um bom Plano de Marketing:

1. Avaliação de mercado: Responda rápido – Você tem noção ou conhecimento sobre o mercado em que está inserido? Sabe quem são seus concorrentes? Sabe quais as forças e fraquezas do ramo que atua ou pretende atuar? É preciso ter clareza sobre o contexto ao qual a sua empresa está localizada.
Avalie como as marcas líderes de mercado se comportam. Entenda como elas alcançam resultados positivos. A partir dessa avaliação, você pode encontrar falhas ou lacunas na sua concorrência, o que pode gerar um diferencial competitivo para o seu produto ou serviço. Aliás, saber “como” e com “o quê” você vai competir no mercado é tarefa primária na hora de gerenciar um negócio. Isso auxilia na difícil e importante tarefa de não ser apenas mais um em meio a tantas marcas disputando um lugar ao sol.

2. Clareza de público: Por mais que pareça óbvio, muitas empresas ainda têm campanhas de Marketing sem clareza de quem querem atingir. Foco é fundamental no processo de atrais a atenção dos consumidores. É fundamental que você trace exatamente o perfil do cliente que você quer atingir e, depois, verifique os pontos comportamentais em comum, para que seja possível traçar campanhas impactantes. Por mais que seja tentador, não caia no lugar comum de acreditar que o seu serviço ou produto é universal, capaz de atingir todos os públicos, de todas as idades, classes, estilos e gostos. Segmentar pode ser um bom começo para vender mais e garantir uma melhor performance.

3. Definição de mídias: Temos uma leque vasto de opções para divulgar a nossa marca. É importante explorar essas ferramentas, de acordo com o nosso orçamento, o público a ser atingido e os resultados esperados. Pulverizar a marca, gerando um maior alcance é uma boa maneira de estar presente no cotidiano e na mente dos consumidores. Neste cenário, a Internet é fundamental e não pode estar fora de seu Plano de marketing. Mesmo que seu público seja mais profissional, é vital ter uma boa presença na web. Escolha os melhores canais para o seu nicho de mercado e aposte na força do Marketing Digital.

4. Metas: É preciso retirar as expectativas do campo abstrato. Todos querem as mesmas coisas: vender mais, aumentar lucros, aumentar o alcance de mercado. Contudo, o que diferencia cada empresa e aproxima esse desejo da prática é a definição clara dessas metas. Qual será o ponto de partida: E no ponto de chegada, o que queremos encontrar? Ter clareza de qual o objetivo central do projeto é fundamental para que seu Plano de Marketing possa vir a ser, de fato, efetivo. Além de traçar as metas, é importante delimitar um tempo para que elas aconteçam, pois, caso contrário, ficará muito mais difícil saber se você está indo pelo caminho certo.

5. Verifique os resultados: Medir a assertividade de cada etapa, de cada ação, de cada estratégia. O Plano de Marketing não pode ser encarado como uma ferramenta estática, ou seja, não deve ser engavetado após a sua concepção. É preciso avaliar o sucesso daquilo que foi pensado e, em caso negativo, rever a condução do mesmo, a fim de gerenciar imprevistos. Mudar a rota ao longo do caminho não faz o seu Plano de Marketing falho. É uma questão de inteligência e visão estratégica para realinhar e conectar os pontos que faltam para que o seu negócio deslanche.
Quer aprender como montar um bom Plano de Marketing? Nós preparamos um Guia bem detalhado, com tudo aquilo que você precisa para colocar a mão na massa. Agora é com você!

Rafael Rez

Autor do livro "Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI", com 3.000 cópias vendidas nos primeiros 90 dias. Possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2013. Fundador da consultoria de marketing digital Web Estratégica. Além de Empreendedor e Consultor, é Professor de Pós e MBA em diversas instituições de ponta. Em 2016 fundou a Nova Escola de Marketing.

Assista à série Marketing Hacks!

Comentar





Patrocinadores

GoMarketing.cloudNova Escola de MarketingMonetizze

Mantenedores

LaharSEMRushLeadLoversSambatechClint.digitalUnbounce


Receba nosso melhor conteúdo no seu e-mail! | Inscreva-se:

x

Webinário exclusivo sobre Marketing Digital

Como criar uma Estratégia de Marketing Digital na prática