Marketing de Conteúdo

Como aumentar suas vendas através das Redes Sociais?

Vender mais e alcançar melhores resultados. Superar expectativas pessimistas e especulativas. Imprimir uma marca no mercado e potencializar os números de uma empresa. Como crescer em tempos de crise? Como identificar as estratégias certeiras para que o seu negócio prospere e mantenha-se estável dentro do cenário econômico atual? As respostas para essas questões podem estar nas Redes Sociais, um verdadeiro celeiro de oportunidades inesgotáveis. E você, está pronto para administrar e utilizar essas ferramentas a seu favor?

O desafio do momento é estar conectado com o consumidor. O acúmulo de informações, a grande demanda de plataformas a pulverização dos meios tecnológicos colocaram uma lente de aumento sobre a necessidade de um estudo estratégico sobre a utilização das redes sociais como canal de vendas, com o objetivo de identificar aquelas que serão mais adequadas ao seu tipo de negócio – estabelecendo um paralelo entre as preferências e comportamentos do público-alvo da sua marca.

Uma pesquisa realizada pela ComScore, consultoria especializada no universo digital, mostrou que os brasileiros estão no topo da pirâmide, quando o assunto é tempo dedicado para utilização de redes sociais, com uma média 60% maior em relação ao restante do Planeta. De acordo com os dados colhidos, atrás do Brasil estão as Filipinas, Tailândia, Colômbia e Peru.

Os números impressionam: em média, os brasileiros gastam 650 horas por mês em redes sociais. O Facebook desponta absoluto na preferência dos usuários, como a maior rede social em número de visitantes únicos – um total de 58 milhões de pessoas, representando um alcance de 78% do total de usuários únicos do Brasil.

É nas redes sociais que os brasileiros demonstram suas ideologias, suas convicções, seus anseios, suas preferências e opiniões. Essa “transparência” dos internautas do Brasil sinaliza para uma oportunidade para colher dados e informações relevantes sobre o perfil dessas pessoas que estão expostas na rede. Cruzar esses itens analisados com as necessidades de uma empresa é uma estratégia eficaz para gerar insights e criar mecanismos de vendas mais personalizados.

As redes sociais como influenciadores no processo de compra

Outro papel importante das redes sociais é a troca de experiências e opiniões sobre determinado produto ou serviço. É muito comum que uma pessoa recorra a esses meios para tirar dúvidas, entender mais sobre o item desejado, pesquisar sobre a reputação da marca e, até mesmo criar vínculos com outros usuários, criando aquilo que podemos chamar de “tribos modernas”.

Ao criar uma campanha voltada para as Mídias Sociais, é interessante entender que esta ação terá o importante papel de consolidar o prestígio da marca entre os consumidores atuais, além de estabelecer um elo com futuros clientes. Esta estratégia visa gerar a confiança no usuário, criando uma caminhada segura na qual ele possa tornar-se um fã, um evangelizador e até mesmo um defensor da sua empresa.

A única maneira de uma empresa criar vínculos através das redes sociais é gerar empatia com o público. A premissa básica para este desafio é estar sempre pronto para ouvi-lo, atendê-lo e identificar (até mesmo prever) suas necessidades, anseios e dores. Esse tipo de estratégia aumenta significativamente o número de acessos do seu site, por exemplo, podendo ser convertido em vendas.

É importante pensar em alcance das publicações nas redes sociais. Logo, posts elaborados apenas para “constar” na página podem ser um verdadeiro tiro no pé, fadados ao total desprezo dos usuários. Crie estratégias para engajar e aumentar a visibilidade do conteúdo criado. Seja único. Seja relevante e inteligente. Fuja do óbvio e crie uma forma autentica de manter a sua presença digital. O resultado pode ser altamente positivo.

Dicas para não ser apenas “mais um” nas Redes Sociais

Foco no Conteúdo: O Marketing de Conteúdo, com toda a sua abrangência de estratégias, desponta como um excelente aliado na hora de fazer a diferença nas redes sociais e conectar-se mais direta e intimamente com o consumidor final. Conteúdos interessantes, personalizados de acordo com o mercado a ser atingido podem revolucionar os resultados da sua empresa. Descubra quem são os usuários da sua marca e fale diretamente com eles. Crie laços e vínculos. Acima de tudo, tenha em mente que, muito além de vender um produto ou serviço, você precisa despertar o interesse, gerar vontade, instigar e transformar o ato de compra na realização de um sonho.

Imagens e vídeos: Crie conteúdos com imagens ilustrativas e vídeos para que as pessoas sintam-se convidadas a compartilhar a publicação e, consequentemente, impulsionem a sua audiência. Não perca de vista o caráter “recreativo” das redes sociais – muitas pessoas passam horas no Facebook, por exemplo, apenas para efeito de distração. Logo, você precisa passar a sua mensagem da maneira mais sutil, inteligente e lúdica possível.
O Instagram e o Snapchat são dois exemplos recentes que provam a preferência do usuário por posts com menos textos e mais imagens. O alto índice de compartilhamentos e likes asseguram que, criar estratégias mais visuais podem pulverizar a sua marca e aumentar o seu alcance. Isso não significa que você deve utilizar imagens meramente ilustrativas. Comunique através desses artifícios e ganhe a atenção do seu público.

Não perca o Mobile de vista: Seguindo aquela premissa do “artista vai aonde o povo está”, as empresas devem estar atentas aos comportamentos dos consumidores da sua marca, num contexto macro dentro de uma sociedade. É sabido que o fenômeno dos smartphones veio para ficar. De acordo com um estudo da eMarketer, só em 2015, cerca de 83% dos acessos à internet serão realizados através dos dispositivos móveis.
As empresas precisam vencer as resistências contra o mobile e vislumbrar neste nicho uma oportunidade de vendas. Para tanto, é necessário criar formatos e conteúdos responsivos, adequados para este tipo de plataforma. É uma tendência que dificilmente perderá força, portanto, invista seus esforços para o mobile e conquiste resultados consideráveis.

Relacionamento com o usuário: Tão importante quanto gerar conteúdo relevante e estar pronto para ser visto em todas as plataformas é a maneira como você vai se relacionar com o seu cliente. As melhores estratégias e campanhas para redes sociais naufragam se o bom relacionamento com o público-alvo não for o mais assertivo, empático e direto possível.
O monitoramento das redes sociais facilita a tarefa de estar atento àquilo que sua audiência comenta ou reage acerca da sua marca. Além disso, é interessante ficar atento ao tempo de resposta de uma pergunta, aos comentários e postagens nas suas redes sociais. Esse tipo de postura gera uma maior segurança do usuário e, consequentemente, possibilita a criação de vínculos que, possivelmente serão convertidos em bons resultados para a sua marca.

Rafael Rez

Autor do livro "Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI", com 3.000 cópias vendidas nos primeiros 90 dias. Possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2013. Fundador da consultoria de marketing digital Web Estratégica. Além de Empreendedor e Consultor, é Professor de Pós e MBA em diversas instituições de ponta. Em 2016 fundou a Nova Escola de Marketing.

Comentar

Webinar 21 de fevereiro

Receba nosso melhor conteúdo no seu e-mail! | Inscreva-se:

x

Webinar ao vivo sem reprise: terça dia 21 de fevereiro as 15h

Como criar uma Estratégia de Marketing Digital na prática